Com o forte impacto, Ciro Martins Bruchchen, de 27 anos, não resistiu e morreu na hora  - Foto:Jaison Fontana/Divulgação/Notisul
Com o forte impacto, Ciro Martins Bruchchen, de 27 anos, não resistiu e morreu na hora - Foto:Jaison Fontana/Divulgação/Notisul

 

Mirna Graciela
Treze de Maio
 
Uma grave colisão tirou a vida do representante comercial Ciro Martins Bruchchen, de 27 anos, ontem de manhã. O acidente ocorreu por volta das 10h30min, na localidade de São Sebastião, área rural de Treze de Maio. 
 
Ele conduzia um Fiat Uno, com placas de Santa Gertrudes (SP) e, ao sair de uma empresa nas proximidades, pegou a estrada geral e bateu de frente com um caminhão Mercedez Benz. Ciro dirigia em direção a Treze de Maio.
 
Quando os bombeiros chegaram ao local, ele já tinha morrido. O corpo estava preso às ferragens. Participaram dos trabalhos os bombeiros militares de Tubarão, com apoio dos voluntários de Jaguaruna. O corpo da vítima foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Tubarão. 
 
O motorista do caminhão, de 51 anos, saiu ileso. Os policias militares e civis de Treze de Maio estiveram na ocorrência. Um inquérito policial foi instaurado para apuração dos fatos. A perícia apontou a causa da morte por politraumatismo. 
 
O corpo de Ciro foi encaminhado para Criciúma, cidade em que morava com sua família. Ele era casado e tinha filha, de seis anos.