Mirna Graciela
Tubarão
 
Manoel Luiz Soares Vieira, o Maneca, faleceu neste domingo à noite, aos 57 anos, em Tubarão, vítima de parada cardíaca. Ele sentiu-se mal durante o desfile da escola de samba Dakota – a terceira que entrou na avenida Marcolino Martins Cabral – da qual era integrante. 
 
Maneca tocava Surdão e desfilava na bateria quando, no meio da apresentação, caiu no chão. Os companheiros da escola o socorreram e ele foi atendido pela equipe da secretaria de saúde da prefeitura, que o levou ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).
 
Mas Maneca faleceu no caminho. Um dos mais antigos carnavalescos de Tubarão, ele sempre integrou a escola de samba Unidos da Toca, da qual foi vice-presidente. Como a agremiação não desfila há dois, ele migrou para a DaKota. 
 
Na segunda-feira ele foi homenageado pela escola e pela Liga Independente das Escolas de Samba de Tubarão (Liest) durante o velório, na capela Santa Rita. Seu sepultamento ocorreu no Cemitério Municipal da cidade. O carnavalesco deixou  dois filhos e um neto.