Criciúma

Um homem de 32 anos foi encontrado morto em uma residência no bairro Cidade Mineira Nova, em Criciúma, no Sul de Santa Catarina.

De acordo com a Polícia Militar, o homem teria invadido a casa da ex-companheira portando duas facas na cintura e iniciado uma discussão. A mulher, sentindo-se insegura, pegou a filha de 4 anos e saiu do local em busca de socorro. Ela teria se escondido na casa de um vizinho.

Segundo a PM, a mulher, de 26 anos, relatou que, minutos depois, ouviu barulho de tiros e foi informada que o ex-companheiro foi alvejado dentro da sua casa.

A mulher contou ainda que o homem era usuário de drogas, mas desconhece quem atirou e o que poderia ter motivado o crime.

Conforme a PM, o homem tinha passagens por violência doméstica, porte ilegal de arma de fogo, desacato, posse de drogas e lesão corporal.

Investigação

De acordo com o delegado da DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Criciúma, André Borges Milanese, além da mulher e da filha, havia outros três homens e duas mulheres na casa no momento em que o homem a invadiu.

Conforme Milanese, a mulher relatou que o homem estava drogado, estaria fazendo ameaças e pedindo dinheiro.

“A princípio, a polícia trabalha com a hipótese de legítima defesa, ele foi atacar a ex-companheira e alguém que estava na casa reagiu e baleou este homem. A polícia está tentando localizar todos os envolvidos para colher os depoimentos e seguir com a investigação”, explicou o delegado.