Por meio de denuncias anônimas, uma ação da Polícia Militar resultou na apreensão de drogas e arma de fogo em Criciúma. A Guarnição da PM, informanda que haviam pessoas no pátio do posto de combustível GIGA, no bairro próspera, fazendo uso de drogas, foi até o local a fim de apurar a informação.

No local observou alguns homens próximos ao banheiro. Ao perceberem a presença policial os homens demonstraram imenso nervosismo, tanto que um deles levantou rapidamente e foi para o banheiro. Por conta da fundada suspeita de estarem ocultando drogas, com base nos artigos 240 e 244 do CPP, uma abordagem foi efetuada.

Vale ressaltar que durante a busca pessoal, com um dos homens, foi encontrada uma pequena porção de cocaína dentro de sua meia do pé direito. Questionado, ele alegou ser usuário de drogas e que a cocaína era para consumo pessoal. Além disso, a guarnição havia recebido no passado uma informação de que um dos envolvidos costumava andar armado, oportunidade que ostentava um revólver prateado. Por conta disso, o abordado foi questionado se possuía alguma arma de fogo, porém negou.

No entanto, durante a entrevista, o homem resolveu mostrar em seu celular a foto do seu cão da raça Rottweiler, mas acabou mostrando por engano um vídeo realizando disparos com um revólver em sua residência no bairro Linha Batista. Ao ser questionado, alegou que a arma não era sua mas de seu pai.

Os policiais perguntaram se a guarnição poderia deslocar até sua residência, a fim de apurar a veracidade das informações a qual foi autorizada pelo homem. Ao chegar no local a esposa do abordado já aguardava os policiais no portão, o qual inclusive estava aberto. Vale ressaltar que mesmo com a autorização em vídeo do homem, novamente foi soliciada a autorização para a mulher.

Em uma varredura no local, a guarnição do K9 localizou, dentro da residência, um pote de vidro com nove munições .32 intactas e 02 estojos de .32. Ao ser questionada sobre as munições, a mulher afirmou a existência da arma de fogo, e confessou ter pego o revólver no guarda roupas e arremessado para o terreno de trás, para evitar problemas com a polícia.

Ela alegou também que a arma pertencia somente ao seu esposo. Diante dos fatos a guarnição da PM deu voz de prisão para o homem pelos crimes de Posse de arma fogo de uso permitido, posse de munição de uso permitido e posse de drogas para consumo pessoal.

O homem foi encaminhado e entregue sem nenhuma lesão física na Delegacia de Policia Civil para os procedimentos pertinentes. Foi anexado a filmagem dos disparos de arma de fogo com a autorização do autor, além da ocorrência filmada pela câmera policial.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul