Tubarão

A história é inusitada e foi motivo de muitos risos ontem na Central de Polícia de Tubarão. Um homem foi preso por volta das 3 horas pela Polícia Militar. Ele estava na rua Altamiro Guimarães, em Oficinas, com caixas de doces, uma bicicleta e um aparelho de som automotivo. Por ter várias passagens por furto, os PMs o encaminharam à Central.

Na delegacia, o homem afirmou que os doces foram furtados por outra pessoa em um comércio perto da antiga rodoviária. O ‘amigo’ teria pedido que ele vendesse os doces e trocasse o dinheiro por crack. “Como não tinha registro de furtos destes objetos, nós apreendemos as coisas e o liberamos. Logo em seguida, quando eu estava saindo da delegacia e a escrivã também, ouvimos uns barulhos no andar de cima. E fomos ver o que era. O homem tinha voltado”, conta o delegado Daniel Garcia.

O homem subiu no telhado da cela de triagem e conseguiu chegar até a sala do cartório, onde estavam os produtos apreendidos. Além de arrombar a porta, ele consumiu alguns doces e ainda tomou o refrigerante que estava na geladeira da cozinha. “Ele disse que tinha voltado para tentar recuperar os objetos, porque precisava trocar o aparelho de som por droga. Disse ainda que consumia 50 pedras de crack por noite. Ele foi preso em flagrante e levado para o Presídio Regional de Tubarão”, afirma o delegado.