Tubarão

 

Na madrugada desta sexta-feira, a Polícia Civil de Tubarão, através da equipe de investigação da Central de Operações Policiais (COP),  localizou e prendeu um homem, de 50 anos, em sua residência, no bairro São Martinho. Ele foi condenado a sete anos e seis meses de prisão por crime de atentado violento ao pudor (mediante violência presumida – vítima menor de 13 anos).
 
No momento da prisão, ao ser surpreendido pelos policiais civis, não manifestou nenhum tipo de reação e foi conduzido à COP. O preso foi condenado pela prática de atos libidinosos com a sobrinha de sua ex-esposa, enquanto estava sob sua guarda. A sentença é definitiva.
O mandado de prisão foi expedido em 2010 e o crime dez anos atrás. Ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição da justiça.