O mês de abril começou marcado por um homicídio no Residencial Flor do Campo, no bairro Lagoão, em Araranguá, contabilizando o terceiro homicídio do ano em Araranguá. Por volta das 13h30 desta terça-feira (2), a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados sobre disparo de arma de fogo com uma pessoa ferida, em uma residência do Residencial.

Quando o socorro e os policiais chegaram ao local, no Bloco 8/Casa 1, o jovem identificado como G.M. de 24 anos, que estava caído em frente à porta da sua residência, já estava em óbito.

A área foi isolada até a chegada da Polícia Civil, Instituto Geral de Perícia (IP) e Instituto Médico Legal (IML). No local foi constatado que alguns disparos de arma de fogo atingiam a parede da casa da vítima e, segundo apontou a investigação preliminar, um tiro acertou o G. no braço o qual transfixou, atingindo possivelmente o coração. 

O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal para passar por necropsia. Durante os trabalhos, a equipe da Divisão de Investigação Criminal de Araranguá iniciou o levantamento da autoria e motivação, enquanto outras viaturas da Polícia Militar estavam em buscas dos suspeitos, que teriam fugido em um veículo Gol de cor branca.

Com as características físicas, tatuagens, vestes e nomes da dupla suspeita, já no bairro Erechim, em Balneário Arroio do Silva, uma guarnição do município abordou os dois suspeitos que haviam acabado de ser deixados no local. Um adolescente foi apreendido em flagrante e um maior preso.

O motorista do Gol que deu cobertura na fuga foi abordado próximo ao trevos das praias, na SC 447, após ter deixados os atiradores no Arroio. O acusado também foi preso e encaminhado à Central de Plantão Policial de Araranguá.