Um homem de 37 anos segue em estado grave após ser alvejado com quatro disparos no rosto e pescoço. O crime aconteceu em uma residência no bairro Oficinas, em Tubarão. A vítima, segundo a Polícia Militar (PM), foi encontrada pela esposa, que, ao retornar da igreja, viu o marido ferido, com a face coberta de sangue.

A tentativa de homicídio aconteceu na noite do último domingo (28) e a PM foi acionada já na madrugada de segunda-feira pelo plantão do Hospital Nossa Senhora da Conceição. O caso ocorreu na residência da vítima e ela foi encaminhada pelo Corpo de Bombeiros ao HNSC, em Tubarão.

 Ao chegarem à instituição, os policiais conversaram com o médico plantonista, e ele afirmou que o homem chegou ao hospital inconsciente e com perfurações no rosto e pescoço. Os projéteis ficaram alojados na vítima. A esposa dele contou à PM que foi à igreja e, quando voltou, encontrou o homem caído no chão de um dos quartos da casa.

De acordo com o delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Tubarão, André Crisóstomo, o homem é conhecido no meio policial, inclusive por envolvimento com drogas. “Estamos na fase inicial de investigação do caso. Seria precoce dizer qual teria sido a motivação. Mas não descartamos nenhuma possibilidade”, informa o delegado.