#PraCegoVer Na foto, uma viatura policial
- Foto ilustrativa | Divulgação

Uma mulher, moradora do Centro de Braço do Norte, precisou de ajuda da Polícia Militar para resguardar sua vida e de sua filha. Quando a Radiopatrulha do 35ª Batalhão da PM chegou, ela estava nervosa e contou aos policiais que seu marido a agrediu, a trancou para fora de casa com sua filha e estava cortando sua roupas. Os policiais bateram na porta e ele não abriu. Uma guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) foi acionada para prestar apoio.

Os PMs insistiram, mas sem sucesso. A mulher permitiu que eles arrombassem a porta. Os policiais entraram, mas o agressor fugiu pelos dos fundos da residência. Com a guarda a polícia, a vítima pegou seus pertences e passou a noite na casa de uma amiga, pois tinha medo que o esposo retornasse. Ela foi orientada a realizar um exame de corpo de delito e também a solicitar, junto da Delegacia de Polícia Civil de Braço do Norte, uma medida protetiva de urgência contra o marido.

Fonte: 35º Batalhão de Polícia Militar em Braço do Norte
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul