Dois rins e um fígado foram levados do Hospital Regional de Araranguá, no Sul do Estado, para Florianópolis - Foto: Polícia Civil de Santa Catarina

Ao contrário do senso comum, as forças policias catarinenses não realizam apenas o trabalho de combate à criminalidade. Em muitas ocasiões, a maioria delas desconhecida do grande público, policiais civis, militares, bombeiros e guardas municipais empenham-se em ir muito além de suas funções para auxiliar a população.

Uma ação deste tipo ocorreu esta semana. A equipe do helicóptero da Polícia Civil, que é tripulada por agentes do Serviço Aeropolicial (Saer) e pelos profissionais da saúde do Serviço de Atendimento e Resgate Aeromédico do Sul (Sarasul), prestou apoio à SC Transplantes para o transporte de órgãos e da equipe médica especializada. Dois rins e um fígado foram levados do Hospital Regional de Araranguá, no Sul do Estado, para Florianópolis.

O emprego da aeronave foi necessário porque o fígado seria transportado para o Rio de Janeiro e precisava estar no Aeroporto Internacional Hercílio Luz, na capital, até as 14h30min e embarcar em um avião de linha aérea convencional. Já os rins foram utilizados em pacientes da Grande Florianópolis, que aguardam na fila por um transplante.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul