Operação 'Digital Trace' cumpriu quatro mandados de busca e apreensão, nesta terça-feira (25), nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro - Foto: Polícia Civil de Santa Catarina

Após uma complexa investigação, a Polícia Civil identificou o grupo de hackers que invadiu e vazou diversas informações relacionadas as solicitações de carga programada de processos do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE/SC). O crime ocorreu em dezembro de 2020.

Quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos na Operação “Digital Trace, nesta terça-feira (25), em São Paulo (SP), Maricá (RJ) e São Gonçalo (RJ). A ação foi deflagrada pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia civil de Santa Catarina e delegacias especializadas da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Diversos itens possivelmente relacionados como crime foram apreendidos nas residências dos acusados. Não foram feitas prisões. Segundo o delegado de polícia Luiz Felipe Rosado, o processo de investigação desse tipo de crime é complexo, pois os autores utilizam diversas ferramentas para tentar esconder a sua identidade.

Os dispositivos eletrônicos apreendidos nos dois estados do Sudeste serão encaminhados à Polícia Científica de Santa Catarina para serem periciados. As investigações prosseguem a fim de identificar outros participantes.

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul