Por meio de uma operação denominada “easy profit” foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão relativos a um estelionato na modalidade golpe do bilhete premiado. O delito ocorreu em Tubarão no dia 8 do mês passado.

A ação foi realizada ontem (10) pela Polícia Civil de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, por meio das delegacias de Tubarão, de Gravatal e da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas de Passo Fundo (DRACO).

O setor de investigação criminal da delegacia da Cidade Azul tomou conhecimento, através de um boletim de ocorrência, de que naquela data, por volta 14h, uma idosa de 70 anos teria sido vítima de um golpe do bilhete premiado. Um homem a abordou e iniciou uma conversa.

Em seguida, uma mulher apareceu e o suspeito passou a dizer que possuía um bilhete premiado, mas não tinha interesse em sacar o valor. A vítima, acreditando nos golpistas, transferiu R$ 40 mil para a conta de outra pessoa e repassou R$ 2 mil em dinheiro à dupla de golpistas. A ação criminosa foi acompanhada por outros dois comparsas que davam apoio aos que efetivamente ludibriavam a idosa.

A ação para prender os golpistas
Os investigadores iniciaram as diligências para localizar os autores. Após a busca de vasto conjunto probatório, tiveram êxito em identificar três dos quatro criminosos. Foi representado pela prisão preventiva dos golpistas – duas mulheres e um homem – e pela expedição de mandados de busca e apreensão, medidas a serem cumpridas na cidade gaúcha de Passo Fundo. As cautelares representas pela Polícia Civil catarinense foram deferidas pelo Judiciário, com parecer favorável do Ministério Público de Tubarão.

Uma equipe de policiais das delegacias de Tubarão e Gravatal se deslocou para a cidade de Passo Fundo e, ontem (10), no período da manhã, em conjunto com a DRACO de Passo Fundo, deram cumprimento aos mandados de busca e apreensão, e dois dos três mandados de prisão preventiva.

Parte do valor auferido pelo bando foi bloqueado na conta utilizada pelos golpistas, valor que poderá ser posteriormente restituído à idosa.

Os envolvidos foram interrogados e indiciados, e encaminhados aos presídios de Tubarão, onde permanecerão à disposição da autoridade judiciária.

Entre em nosso grupo do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/Notisul