Soledade, (RS)

A Polícia Civil identificou na noite desta sexta a vítima do acidente que causou a morte de uma família paranaense nesta madrugada, na BR-386, Soledade, Norte do Rio Grande do Sul.

Maicon Lima de Souza, de 26 anos, dirigia um Tempra com placas de Caxias do Sul, quando, segundo a Polícia Rodoviária Federal, invadiu a pista contrária e atingiu o Gol em que a família viajava. Todos morreram.

Maicon não tinha carteira de habilitação e havia comprado o carro em nome de terceiros, conforme o delegado que investiga o acidente, Márcio Marodin.

Ele trabalhava como operador de máquina, residia em Caxias e deixa dois filhos, conforme o acidente. Maicon estaria em deslocamento para encontrar familiares em Sagrada Família. O caso é investigado como homicídio culposo.

Os corpos das outras cinco vítimas serão levados para Capanema, no Paraná, onde residiam, conforme a funerária. O acidente aconteceu na madrugada, enquanto eles viajavam ao estado gaúcho para o velório de um parente, em Carlos Barbosa, na Serra.

As cinco vítimas da mesma família foram identificadas pela PRF como:
a proprietária do veículo, Kelem Tamara Dalla Vecchia, de 30 anos
o marido dela, Fabio Lazarotto, de 33 anos
o pai, Sergio Dalla Vecchia, de 59 anos
o irmão, Thierres Marcos Dall Vecchia, de 22 anos. Ele, segundo a PRF, era o condutor no momento do acidente.

A mãe de Kelem, Maira Isabel Morari Dalla Vecchia. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu durante transferência para o Hospital São Vicente, em Passo Fundo.

A Polícia Civil ouve testemunhas do acidente e aguarda o resultado de exames periciais para descobrir o que fez com que o motorista perdesse o controle. O acidente aconteceu no km 257,4 da rodovia.