Um homem de 28 anos foi morto a tiros dentro do quarto onde dormia com a mulher e a enteada, em uma edícula no Alto Boqueirão, em Curitiba. O crime ocorreu na madrugada deste sábado (6), por volta das 3h30, quando dois homens invadiram a casa a procura da vítima. A enteada, uma menina de 10 anos, foi baleada na perna e precisou ser socorrida pelo Siate. O homem morreu na hora.

As primeiras informações indicam que dois homens, um deles armado, invadiam a residência da frente já sabendo quem eles estavam procurando. Quando não o encontraram ali, foram para os fundos da casa, onde fica a edícula, e arrombaram a porta. A vítima estava no quarto, deitada na cama com a mulher e a enteada, e um dos atiradores disparou sem pedir para ninguém de afastar. Tudo indica que crime tenha sido uma execução por envolvimento com drogas, mas a polícia vai investigar a versão.

Outro ponto que será investigado é a presença de do segundo homem, que estaria dando cobertura ao atirador. A polícia trabalha com a hipótese de dois executores na casa.

Os tiros atingiram o homem, principalmente, no peito e nos braços. Ele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Segundo a PM, ele tinha passagem por uso de drogas e, há cinco anos, já tinha sido vítima de uma tentativa de homicídio.

A menina de 10 anos, que estava com o padrasto, levou um tiro na perna e precisou ser atendida pelo Siate. Ela foi encaminhada, segundo a Polícia Militar (PM), ao pronto-socorro do Hospital São José, em Pinhais, sem risco de morte.