Garopaba: Assassino de José Demétrio é condenado a 22 anos de prisão

O crime aconteceu em 15 de fevereiro de 2018, no bairro Areias do Macacu. José Demétrio (foto) tinha 17 anos, foi agredido com diversos golpes na cabeça e levou uma facada nas costas. Ele chegou a ficar internado, mas morreu 12 dias depois.

O assassino de José Demétrio (17 anos), foi condenado a 22 anos de prisão durante sessão do Tribunal do Júri promovida nesta quinta-feira (22), na comarca de Garopaba. O crime aconteceu em 15 de fevereiro de 2018, no bairro Areias do Macacu.

José Demétrio foi morto pelo ex-marido da namorada. Ele estava na casa dela quando o assassino invadiu a residência para agredi-la. A jovem conseguiu se desvencilhar do ex, foi quando ele viu Zé deitado no sofá e o atacou.

O assassino bateu violentamente a cabeça de Zé no chão por diversas vezes e desferiu golpe de faca nas costas. A vítima foi socorrida e ficou internada 12 dias em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), do Hospital Regional de São José (HRSJ), mas morreu por conta das lesões, que provocaram traumatismo cranioencefálico.

O assassino foi condenado por homicídio triplamente qualificado por motivo fútil, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima, e pelos crimes de lesão corporal e violação de domicílio. Sua pena foi fixada em 22 anos, dois meses e vinte dias, em regime inicial fechado, e sete meses de detenção em regime inicial semiaberto. O homem estava preso preventivamente desde o dia do crime e teve negado o direito de recorrer em liberdade. Cabe recurso da decisão.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul