Tubarão

As investigações em torno das obras de arte do artista Willy Zumblick furtadas prosseguem, com respostas positivas. Policiais civis do Núcleo de Investigações Criminais (NIC) de Tubarão já recuperaram sete telas. Cada uma é avaliada em, aproximadamente, R$ 20 mil.
Na última quinta-feira, os policiais chegaram a três obras. Duas estavam no banheiro de um bar, no bairro Oficinas, e a terceira em uma casa, no Fábio Silva. No dia seguinte, os investigadores recuperaram mais quatro telas da série ‘Via Crucies’. Segundo informações da polícia, algumas pessoas dirigiram-se até a Central de Polícia, no centro, para entregar as obras. Os investigadores avaliam que as telas podem estar pela região.
Até o momento, ninguém foi detido. Várias pessoas já foram ouvidas pelo delegado Bruno Ricardo Vaz Marinho, responsável pelas investigações.
O furto foi revelado na semana passada. O crime ocorreu há 19 dias, na rua Ferreira Lima, no centro de Tubarão. Os ladrões utilizaram uma caminhonete para levar as telas. A família havia inicialmente divulgado que os ladrões levaram 40 obras. No entanto, em uma averiguação mais detalhada, constatou que foram furtadas entre 18 e 20 telas.