Moradores do bairro Portinho e arredores reclamam do forte cheiro de fumaça, que é registrado desde a última sexta-feira (6), nas proximidades da sede do Corpo de Bombeiros, na entrada da cidade.

O incêndio iniciou na rua Arno João Jerônimo, conhecida como “rua da aspa”, e acabou de espalhando por outros pontos de um terreno de mata, entre os bairros Portinho e Barbacena. Conforme os bombeiros, o fogo começou na noite de sexta-feira, 6, foi extinto e retornou no fim da tarde de sábado, (7) e segue queimando. O tempo seco e o vento forte acabam propagando as chamas rapidamente.

“Está insuportável. Mesmo com a casa toda fechada, está um cheiro terrível de fumaça”, comenta uma moradora nas redes sociais. Segundo o tenente Henrique Schuelter, comandante dos bombeiros de Laguna, o combate está sendo realizado e a equipe será reforçada. “Desde ontem estamos combatendo. Está nos incomodando tanto quanto aos nossos vizinhos. Contudo, há a necessidade de parar o combate para atender ocorrências de maior gravidade”.

Schuelter relata que a operação tem sido difícil. “Ficamos com dois caminhões atolados em um valo e precisamos de apoio dos operários que trabalham no acesso Norte para a remoção”. Um dos veículos teve alguns danos materiais.

Como reforço, a corporação convocou o efetivo que estava de folga neste domingo. Nas redes sociais, o Corpo de Bombeiros emitiu nota em que afirma serem falsas as afirmações divulgadas sobre a autoria das chamas. “Informamos que o incêndio em vegetação que vem ocorrendo desde ontem à tarde no terreno do quartel do Corpo de Bombeiros Militar de Laguna não foi iniciado por nós […] Não adotamos a prática de ‘limpar’ o terreno com fogo. Nunca o fizemos”, disse o texto.