Rafael Andrade
Armazém

Os moradores de Armazém e os frequentadores da tradicional festa de São Pedro ficaram chocados com uma fatalidade que ocorreu sábado à noite. Uma briga no salão paroquial da igreja central pode ter resultado na morte de Samuel Demétrio Boll, 22 anos. Ele faleceu na madrugada de domingo, após ser levado ao Hospital Santo Antônio, em Armazém.

A polícia acredita que ele não tenha morrido em decorrência da briga, e descarta o homicídio decorrente da briga. Após ser agredido, Samuel foi levado por amigos à unidade de saúde. Ele estava com hematomas pelo corpo e um corte no supercílio esquerdo, um quadro clínico de ferimentos leves.

O problema foi quando Samuel desferiu um soco em uma porta de vidro, a principal do hospital de Armazém. O golpe resultou em um corte profundo em uma via arterial do braço do rapaz. Ele sofreu hemorragia, chegou a ser encaminhado ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão, pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). Porém, menos de duas horas, ele morreu.

A família está inconformada. Amigos de Samuel, funcionários do hospital de Armazém e testemunhas que presenciaram a briga no salão serão chamados pela polícia para depor. O delegado Marcelo Santos Bittencourt já instaurou inquérito sobre o caso. Tudo indica que a morte de Samuel tenha sido um acidente.