Família procura por adolescente desaparecida desde sexta-feira em Armazém

Evelyn Lair Cândido Apolinário (14 anos), foi vista pela última vez em casa antes de sair para trabalhar.

A adolescente Evelyn Lair Cândido Apolinário (14 anos), de Armazém, está desaparecida desde sexta-feira. A família já registrou Boletim de Ocorrência, a polícia investiga o caso, e na tentativa de ajudar nas buscas pede ajuda para encontrá-la.

De acordo com Maria Terezinha Mates Cândido, mãe de Evelyn, a filha foi vista pela última vez antes de sair para trabalhar em um salão de beleza na sexta-feira por volta das 13h30.

Pela manhã Evelyn se queixou com a mãe que estava com dor de cabeça, elas passaram as horas juntas,  e antes de sair para trabalhar, a adolescente se despediu da mãe com um beijo no rosto como faz todos os dias.

“Por volta das 14h30 tentei ligar para ela e saber se havia passado a dor de cabeça. Mas o celular estava desligado. Passou o horário de ela voltar para casa liguei novamente e não tive contato. Então liguei para o salão e disseram que ela não apareceu para trabalhar”, conta a mãe.

No dia seguinte a família registrou um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento de Evelyn. “Mas até agora ela continua com o celular desligado e não temos ideia de onde pode estar”, disse a mãe

Evelyn mora com a família no bairro Vila José Nazário e conforme a mãe, não havia desentendimentos que motivassem o desaparecimento da filha. Ela estava de calça jeans, camiseta e tênis preto. Quem souber de informações sobre o paradeiro da adolescente pode ligar para Maria Teresinha no número (48) 98814-3500.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul