Fake News: Casal que aparece em foto que circula nas redes sociais não tenta sequestrar crianças

De acordo com a Polícia Civil casal comercializa rifa em prol de uma criança com uma síndrome, e propagar informação caluniosa é crime.

Circula pelas redes sociais áudios e fotos relatando que um casal está na região de Tubarão indo em residências para tentar sequestrar crianças. Já saíram informações de que foi em Tubarão, Pescaria Brava, Braço do Norte, Jaguaruna.

De acordo com a 5ª Delegacia Regional de Polícia de Tubarão, por ora, não há registros de tentativa de sequestro de crianças em residências. Mas chegou até o conhecimento da polícia que imagens de um veículo palio, com um casal e uma senhora em frente a uma casa.

Não há informação de que cidade é a imagem, mas conforme a polícia as informações divulgadas como sendo a de supostos sequestradores de crianças não procede, “uma vez que as partes constantes nas imagens já compareceram na Delegacia, e comprovaram que, de fato, estão comercializando rifa em prol de uma criança com uma síndrome, que, de fato, existe. Documentos comprovando a ação social foram apresentados à Polícia Civil e nenhum registro contra tais pessoas foi realizado até a presente data”. escreveu a PC em nota.

A orientação da Polícia Civil é que a população não divulgue áudios e vídeos contendo imagens do veículo palio, e das pessoas que o utilizam como sendo autores de crimes contra crianças.

“Uma vez que o crime narrado nos áudios não procede e a prática de tal conduta pode constituir crime de calúnia, entre outros como falsa comunicação de crime e denunciação caluniosa. Não confie em fake news. Não propague áudios e mensagens duvidosas”, orienta a polícia.

A delegada Regional de Polícia de Tubarão, Vivian Selig gravou um vídeo para reforçar o pedido para compartilhar apenas informações de veículos de comunicação oficial

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul