Laguna

Desde abril do ano passado, um jovem de 21 anos era investigado pelas polícias de Jaguaruna e Laguna. Na madrugada desta sexta-feira, ele foi preso em flagrante vendendo cocaína a um casal de usuários, na estrada que liga o Camacho (em Jaguaruna) ao Farol de Santa Marta (em Laguna), próximo à nova ponte do Camacho.
O traficante foi detido por policiais civis de Jaguaruna e policiais militares de Tubarão e Laguna. O jovem começou a ser investigado após denúncias de moradores de que ele vendia cocaína nas praias da região.

Durante a abordagem, o acusado tentou fugir em um Celta, em direção ao Camacho, e foi abordado poucos quilômetros depois por outras viaturas.
Com ele, os policiais encontraram dois torrões de maconha (cerca de 15 gramas) e uma peteca de cocaína (cerca de 25 gramas). A droga estava escondida em sua cueca. A polícia também revistou o interior da casa do traficante, no Camacho, onde foram encontrados um aparelho de som com procedência duvidosa, material para embalar drogas, uma munição de fuzil 762 e uma munição de calibre 380.

O rapaz foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de munição pelo delegado José David Machado, que coordenou a ação.
O traficante foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecera à disposição da justiça.

Crack é tirado de circulação

Um traficante de 45 anos foi preso na praia do Camacho, no fim da tarde desta sexta-feira, por policiais militares de Jaguaruna e Laguna. Ele era investigado há alguns meses. A polícia chegou ao acusado após denúncias de tráfico de drogas feitas por moradores do Farol de Santa Marta e Camacho.

Com um mandado de busca e apreensão expedido em Jaguaruna em mãos, uma equipe foi até a casa do traficante. No banheiro da residência, os policiais encontraram uma grande pedra de crack (cerca de 30 gramas) e uma pequena quantidade de maconha.
Os policiais calculam que seria possível fabricar aproximadamente 270 petecas de crack. A droga estava escondida dentro do lixo do banheiro. Com o acusado, também foram encontrados dinheiro, fitas adesivas e outros objetos que configuram a prática de tráfico.
O delegado José David Machado coordenou as investigações e fez o flagrante do traficante. Ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão.