Maycon Vianna
Jaguaruna

O jovem de 21 anos que dirigia embriagado e atropelou o adolescente Vítor de Souza, de apenas 13 anos, no centro de Jaguaruna, no dia 23 de agosto, foi solto por volta das 14h30min de ontem, após pagar uma fiança no valor de R$ 1.383,00, definida pela juíza substituta Alessandra Maira da Silva de Oliveira, da comarca de Jaguaruna.

A fiança foi concedida porque o réu é primário, tem residência fixa e bons antecedentes. Durante o processo, ele permanecerá em liberdade, até a sentença final. “Não existem pressupostos para manter o jovem preso. Então, admite-se a fiança e agora ele está em liberdade condicional”, ressalta a juíza Alessandra.

Na última sexta-feira, em contato com a reportagem do Notisul, os pais do jovem atropelado relataram que ele está em boa fase de recuperação e não terá sequelas graves. O casal Jorge Luiz de Souza e Maria Terezinha de Souza, de Jaguaruna, viveu uma semana de angústia e apreensão, pois Vítor chegou a ficar em coma, internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora da Conceição. Hoje, os pais comemoram a melhora do filho.

“Se você conhecer algum amigo ou familiar que bebeu, tente evitar que ele dirija. Caso não seja atendido, telefone para a polícia. É melhor perder a carteira e ser multado do que perder uma vida”, declarou o pai.
O condutor do Fiat Uno foi preso em flagrante e indiciado por tentativa de homicídio. Ele ficou dez dias no Presídio Regional de Tubarão.