#ParaTodosVerem Na foto, detalhe da farda de um policial militar
- Foto ilustrativa | Divulgação

O atendimento de uma ocorrência de trânsito terminou com um motorista ameaçado e uma guarnição da Polícia Militar de Braço do Norte agredida. O caso ocorreu neste domingo (3), na região central da cidade. Um homem pediu auxílio da PM após um acidente de trânsito. Não havia ninguém ferido, mas o condutor do outro veículo estava visivelmente sob o efeito de álcool. Quando a guarnição chegou, constatou a embriaguez do homem: fala arrastada, hálito alcoólico e falta de equilíbrio. Ele também admitiu aos policiais que havia tomado cerveja, mas se negou a realizar o teste do etilômetro. O homem também estava irritado e chegou a entrar em vias de fato com o outro condutor por causa da colisão.

Os policiais conseguiram acalmar os ânimos e, quando foram realizar a confecção da ocorrência, o sistema mostrou que o carro do homem alcoolizado estava com o licenciamento vencido e, por isso, precisaria ser recolhido. Quando soube disso, ele partiu para cima da guarnição e tentou agredir os policiais com socos, mas não conseguiu acertar nenhum por conta do estado de embriaguez. Os policiais precisaram algema-lo para que ele não se machucasse e também parasse de agredi-los. Ele foi levado para o Hospital Santa Terezinha para atendimento médico e depois para a Delegacia de Polícia Civil de Tubarão, para os devidos trâmites burocráticos.

Fonte: 35º Batalhão de Polícia Militar em Braço do Norte
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul