Ela foi presa e enquanto era conduzida agiu com agressividade, chutes e ofensas

Braço do Norte

Um caso inesperado de agressão foi registrado em Braço do Norte. Uma mulher, de 45 anos, agrediu e mordeu um policial militar da cidade. O fato ocorreu na tarde de terça-feira (28).

Conforme a polícia, uma guarnição foi acionada ao Hospital Santa Teresinha, pois a acusada estava em surto psicótico. Chegando ao local, os policiais pediram à mulher que fosse em frente ao hospital para todos conversar sem alteração.

Foi quando ela começou a xingá-los com frases de baixo calão e disse que eles não iriam tirá-la de onde estava. O marido da acusada até tentou acalmá-la, mas não obteve êxito.

Em seguida, a mulher, alterada, empurrou um policial no peito. Este então segurou em seu braço e tentou imobilizá-la. Ela, descontente com a ação do PM, mordeu o seu braço.

Para evitar uma lesão maior, a mulher foi imobilizada e recebeu voz de prisão. Enquanto era conduzida ainda desferiu chutes no policial e seguiu com as ofensas.

Fonte: Sul In Foco
Foto: Somente ilustrativa

Publicada às 8h47min desta quinta-feira (2)