Tubarão 

A ousadia dos criminosos, realmente, não tem limites. Eles invadem os lugares, amedrontam pessoas, lhes apontam armas – inclusive muitas ficam traumatizadas e demoram a voltar a ter uma rotina normal – e levam o dinheiro de quem trabalha honestamente. 

Em menos de três horas, quatro estabelecimentos foram alvo dos bandidos, em Tubarão e Laguna. A exemplo do que ocorre em várias cidades, as motocicletas viraram o veículo apropriado para a prática de roubos. Conforme a Polícia Militar, são ágeis, proporcionam fuga rápida e facilidade para os criminosos se esconderem.

O Mercado Nilo, no bairro São Martinho, na Cidade Azul, foi invadido por assaltantes na quinta-feira à noite. Por volta das 19h25min, uma guarnição esteve no local e ouviu o relato dos trabalhadores. Dois homens chegaram em uma motocicleta, um desceu e anunciou o assalto com uma arma calibre 22. Foram roubados R$ 300,00. O tanque estava com uma capa escura. A dupla usava roupas e capacetes pretos. 

Minutos antes, o mesmo ocorria no Mercado A. Nunes, na localidade da Madre. A dupla estava em uma motocicleta vermelha com a placa escondida por um pano. Eles usavam capacetes azul e preto, e portavam uma pistola. Foram levados R$ 500,00.  

No fim da tarde do mesmo dia, a Farmácia Medical, no bairro Portinho, em Laguna, foi o ‘alvo’. Um homem chegou em uma CG Azul, usava capacete preto e touca verde, e desistiu. Porém, nas proximidades, invadiu um mercado com uma arma e roubou R$ 120,00. 

Ainda na quinta-feira, às 16h15min, o Mercado São Bernardo, no bairro São Martinho, em Tubarão, foi o ‘escolhido’. Dois homens estavam em uma motocicleta vermelha com a placa coberta por um papelão. Um deles, armado, roubou R$ 100,00.