Após intensa investigação e inúmeras diligências nos municípios da Grande Florianópolis, o Inquérito Policial, referente ao latrocínio do ex-vereador Jovino Piucco foi concluído. Os cinco envolvidos no crime em Garopaba foram identificados e indiciados.

Por intermédio da Delegacia de Polícia de Garopaba, em trabalho integrado com diversas unidades Policiais, a Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, efetuou a ação. O crime que abalou a cidade e região, ocorreu em 18 de outubro deste ano.

Diante do conjunto de elementos colhidos e do vasto material probatório foi representado pela prisão dos cinco criminosos envolvidos no delito. Até o momento foram efetivamente presos: o motorista do carro do grupo criminoso, o suposto executor do tiro e o homem que indicou as vítimas e forneceu detalhes sobre o casal. Os demais são considerados foragidos da justiça, pois estão com as prisões decretadas.

 

Entenda o caso

Por volta das 11h45 do dia 18 de outubro, dois criminosos ingressaram no interior da residência da vítima Jovino Piucco, de 85 anos. Após rendê-lo e agredi-lo, renderam também sua esposa Lidair Piucco, de 72 anos.

No momento em que os suspeitos amarraram a mulher e tentaram estrangulá-la, Jovino teria aproveitado a distração dos criminosos, acessar sua arma de fogo com intuito de salvar sua companheira. Por conta da falha em sua arma, o idoso entrou em luta corporal com um dos marginais e desferir um tiro na perna de um deles.

Ato contínuo, o segundo criminoso desferiu um tiro na nuca de Jovino que veio a óbito. Os criminosos novamente passaram a ameaçar a idosa para saber onde estava o dinheiro. Após a ação, os marginais deixaram o local com aproximadamente R$ 7.000,00 reais.

A fuga ocorreu num veículo Ford/Fiesta, de cor prata, no qual estavam mais três criminosos. Um deles identificado como mentor intelectual do latrocínio. Estava no veículo o motorista responsável pela fuga dos demais e o indivíduo que repassou detalhes sobre a residência, assim como a descrição das vitimas.

Após os criminosos deixarem o local, Lidair conseguiu se soltar e pedir socorro. Membros das Polícias Civil e Militar estiveram no local e iniciaram as investigações no mesmo dia. Tendo em vista a inexistência de câmeras na residência das vítimas, os policiais coletaram imagens de sistemas de segurança de 34 pontos distintos na região central de Garopaba.

Ao todo, 215 GB de imagens foram utilizados. Foram mais de 540 horas de vídeos analisados e reanalisados e após 32 dias os policiais conseguiram identificar o veículo Ford/Fiesta, de cor prata, utilizado no dia do crime.

Por meio de troca de informações com o núcleo de inteligência da Polícia Rodoviária Federal, a placa do veículo foi identificada. A partir daí, diversas diligências e medidas cautelares foram representadas pela PCSC, por meio da Delegacia de Polícia de Garopaba.

Em 24 de novembro, após a prisão temporária do primeiro indivíduo, o motorista do Ford/Fiesta de 34 anos, a polícia identificou o segundo envolvido, um homem de 38 anos, dito como mentor intelectual do crime.

Na sequência, o terceiro criminoso foi identificado, o homem de 19 anos, que efetuou o disparo contra Jovino. Em continuidade às investigações, no dia 27 de novembro, os policiais identificaram o segundo homem que ingressou na residência das vitimas, o quarto envolvido, com 25 anos.

Então, dia 15 de dezembro, um intenso trabalho de campo durante a madrugada, resultou na identificação do quinto envolvido, um homem de 34 anos. Este teria repassado detalhes sobre a residência, assim como a descrição das vitimas.

Participaram das diligências PCSC das Comarcas de Garopaba, Imbituba, Biguaçú, DIC Laguna e DIC Palhoça. PMSC de Garopaba (Guarnição Reforçada 2ªCIA/GEIB), Biguaçú (Agência de Inteligência e Pelotão de Patrulhamento Tático do 24º BPM), Palhoça (Agência de Inteligência e Pelotão de Patrulhamento Tático do 16º BPM), Polícia Rodoviária Federal e GAECO/MPSC.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul