Rafael Andrade
Tubarão

O presidiário Danilo Medeiros da Silva, 22 anos, morreu na última sexta-feira, por volta das 14 horas, após bater em um poste de energia da Celesc. O acidente ocorreu na rua Dionísio Motta, no bairro Passagem, em Tubarão. Ele e um comparsa haviam praticado um assalto no mercado Santo André, em Capivari de Baixo, e fugiam da Polícia Militar. Danilo perdeu o controle da motocicleta  e bateu no poste.


A dupla chegou ao mercado em uma Twister com placa adulterada. Eles levaram todo o dinheiro dos caixas e saíram em alta velocidade. O dono do mercado acionou a PM de Capivari, que emitiu um alerta para a região. Policiais de Tubarão foram avisados que a dupla tinha fugido em direção ao bairro Passagem. Uma viatura estava próxima e avistou os ladrões.


Ao perceberem a polícia, o piloto acelerou ainda mais a moto e atropelou uma adolescente de 16 anos. Ela teve várias escoriações pelo corpo e foi socorrida por uma ambulância.


Eles continuaram a fuga. O comparsa desceu da moto e entrou em uma viela da Área Verde – o mais conhecido ponto de tráfico de crack da região. Ele conseguiu escapar a pé.


Os policiais mantiveram o foco no motociclista. Sozinho, Danilo colidiu no poste, quebrou o pescoço e morreu na hora.


“Encontramos em sua cintura uma pistola modelo israelense carregada e um carregador cheio de munições da Guarda Municipal de Florianópolis, além de parte do dinheiro do assalto”, informa um PM que participou da ocorrência.


O ladrão Danilo estava evadido da Penitenciária Regional de Curitibanos há 16 dias.