Em dois processos criminais, três homens tiveram sentenciadas a soma total de 46 anos de reclusão por roubos em Criciúma. As penas deverão ser cumpridas em regime inicialmente fechado.

Uma dupla, 24 e 21 anos, teve definida sua condenação por dois roubos de veículos e corrupção de menores em 11 anos, 1 mês e 10 dias de reclusão para cada integrante. Os crimes ocorreram nos bairros Jardim Maristela e Brasília. Eles foram capturados pela Polícia Civil com prisões preventivas, permanecendo segregados para o cumprimento da decisão judicial.

O terceiro homem, de 24 anos, teve sua pena definida em 24 anos, 2 meses e 10 dias de reclusão por dois crimes de roubos nos mesmos bairros. Foi capturado no Estado do Rio Grande do Sul, após representação pela prisão promovida pela Polícia Civil de Criciúma. Atualmente está recolhido na Penitenciária gaúcha e aguarda julgamento de outros processos criminais.

As investigações foram realizadas pela Divisão de Repressão à Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC-PCSC), coordenada pelo Delegado Yuri Miqueluzzi. As sentenças proferidas pela 2ª Vara Criminal de Criciúma, com atuações da 2ª e 10ª Promotoria de Justiça na acusação.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul