Apontado pela Polícia Civil como um dos principais fornecedores de maconha e cocaína para criminosos catarinenses e responsável por uma carga de 370 quilos de maconha apreendida no ano passado em Imbituba, um grande traficante de 33 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (14), em Francisco Beltrão no Oeste do Paraná. A captura do chefe da quadrilha aconteceu no âmbito da operação “El Patrón”, que resultou também na apreensão de R$ 55 mil em dinheiro, carregadores, munições e dois veículos.  

A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Laguna, que iniciou a investigação após a apreensão dos 370 quilos de maconha, em 19 de agosto do ano passado, próximo ao trevo de Nova Brasília. Na ocasião, a DIC apurou que o entorpecente havia sido encaminhado pelo traficante de Francisco Beltrão, apontado ainda como fornecedor de elevadas quantidades de drogas para todo o Brasil. 

Os investigadores da DIC da Polícia Civil apuraram também que o fornecedor da carga apreendida se encontrava associado a quatro homens, os quais tinham a específica função de preparar e enviar toneladas de droga para outros Estados. Todos estão presos. 

“O Patrão”

Ainda de acordo com o órgão policial, a operação “El Patron” é uma alusão ao vasto poderio econômico do investigado. No decorrer de anos, ele aumentou exponencialmente seus bens, inclusive comprando veículos de luxo, lanchas, sítios e demais chácaras no Oeste paranaense, tudo parte dos lucros obtidos com a prática criminosa.  

“Com a prisão de hoje encerramos a investigação, que apurou e desmantelou uma célula organizacional voltada exclusivamente aos crimes aqui apurados. Gostaríamos de agradecer a participação dos policiais civis da DIC de Laguna, da DIC de São Lourenço do Oeste, da Delegacia de Polícia Civil de Francisco Beltrão (PCPR) e do Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos – PC/PR), pelo apoio fundamental”, afirma Bruno Fernandes, delegado da DIC de Laguna e coordenador da operação.  

A operação que resultou na apreensão de 370 quilos de maconha no ano passado em Imbituba aconteceu após quase 8 horas ininterruptas de monitoramento em um dos acessos ao município.   O veículo onde a carga estava sendo transportada foi flagrado e interceptado. Naquela ação policial, um casal foi preso em flagrante e depois condenado pela Justiça.