Dentro do celular de um deles (detalhe), havia 12 micropontos de LSD  -  Foto:DIC de Tubarão/Divulgação/Notisul
Dentro do celular de um deles (detalhe), havia 12 micropontos de LSD - Foto:DIC de Tubarão/Divulgação/Notisul

Tubarão

Investigados nos últimos meses por tráfico de drogas sintéticas, principalmente de ecstasy e LSD, dois jovens e 18 e 21 anos foram presos em flagrante neste sábado à tarde, em Tubarão. A dupla foi conduzida ao Presídio Regional.
 
Com a informação de que eles fariam a venda das drogas em uma festa de música eletrônica, os policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) montaram uma campana nas proximidades da casa de um deles, no bairro Madre. Os dois foram flagrados quando trafegavam em um Corsa, por volta das 15 horas.
 
Ao perceber a presença dos investigadores, o mais novo tentou fugir em direção a um matagal e dispensou uma embalagem de plástico com dez comprimidos de ecstasy. Os policiais conseguiram detê-lo.
 
Com o outro, dentro do carro, foram apreendidos vários objetos e um celular. Dentro do aparelho havia 12 micropontos de LSD. 
 
A dupla foi autuada por tráfico de drogas e associação para o tráfico. As investigações foram coordenadas pelos delegados André Luis Mendes da Silveira e Rubem Antônio Teston da Silva.
 
A última apreensão de drogas sintéticas em Tubarão ocorreu em abril, quando um grupo de jovens seguia em dois ônibus para uma festa eletrônica, em Curitiba. Todos foram abordados pela polícia em um posto de combustíveis.
 
Foram encontrados 130 comprimidos de ecstasy, alguns pontos de LSD e certa quantidade de maconha. Entre os ocupantes dos veículos, 12 homens e cinco mulheres foram detidos.