#PraCegoVer Na foto, um prédio que pegou fogo
O prédio foi interditado pela Defesa Civil. Após o laudo de liberação, a inspeção para descobrir a possível causa do incêndio será retomada pelos bombeiros e Polícia Científica - Foto: CBM Criciúma | Divulgação

Dois homens morreram em uma explosão em um bar na Avenida Catarinense, no bairro Vila Manaus, em Criciúma. O incidente ocorreu por volta das 10h45min desta quinta-feira (14). Acredita-se que o botijão de gás tenha explodido e causado um incêndio de grandes proporções. No momento do incidente, os homens estariam na cozinha do estabelecimento. Quando o Corpo e Bombeiros de Criciúma chegou ao local, os profissionais começaram o ataque as chamas para poder entrar no bar e resgatar as vítimas. Eles estavam no corredor que levava para a cozinha, provavelmente tentaram sair quando o fogo começou e foram atingidos pela explosão.

Ambos estavam inconscientes e receberam os primeiros socorros ainda no local. Agnaldo da Silva Pereira, 44 anos, foi assistido pela ambulância do Corpo de Bombeiros e, apesar das inúréas tentativas, não foi possível reanima-lo. A Polícia Científica foi acionada para realizar o recolhimento do corpo. O outro homem, Jairo Arlindo de Jesus, 61 anos, atendido pelo Samu, foi reanimado e estabilizado. Ele foi levado em estado gravíssimo para o Hospital São José (HSJ), mas faleceu pouco tempo depois de dar entrada na unidade de saúde. O Serviço de Atendimento e Resgate Aeromédico do Sul (SaraSul) prestou apoio no socorro às vítimas e a Polícia Militar ajudou no isolamento da área.

Os bombeiros utilizaram cerca de seis mil litros de água para extinção das chamas e rescaldo da estrutura, que ficou completamente destruída. As equipes de perícia do Corpo de Bombeiros e da Polícia Científica realizaram uma primeira inspeção do estabelecimento para tentar determinar as causas do incêndio, mas devido as condições do local o procedimento precisou ser suspenso por falta de segurança. A Defesa Civil de Criciúma foi chamada e interditou o prédio. A inspeção será retomada pelos bombeiros e policiais científicos após o laudo da Defesa Civil.

Informações: Corpo de Bombeiros Militar de Criciúma
Texto: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul