Florianópolis

Estratégias de enfrentamento às drogas nas escolas são avaliadas pelo governo do estado de Santa Catarina. O tema será incluído no currículo escolar da educação básica (ensino fundamental e médio).
Um material educativo para professores, alunos e suas famílias, será produzido. Os docentes receberão capacitação para trabalhar o assunto em sala de aula. Os secretários da educação, Eduardo Deschamps, e o da assistência social, trabalho e habitação, João José Cândido da Silva, analisam todos os pontos da inovação.

Cândido da Silva ressaltou que a ação conjunta entre as secretarias é importante para que os projetos voltados ao enfrentamento às drogas sejam bem-sucedidos. “Precisamos trabalhar de maneira integrada, interssetorial com todas as secretarias e a sociedade. Santa Catarina será referência nesta questão”, destacou o secretário.

“Este assunto precisa ser amplamente tratado para aumentar a conscientização sobre os perigos da dependência química. Todas as nossas escolas contam com núcleos de educação, prevenção, atenção e atendimento às violências na escola (Nepre) e o trabalho já desenvolvido traz inúmeros benefícios para toda a comunidade”, destacou Deschamps.