A ação da Polícia Militar resultou na apreensão de crack, cocaína e maconha   -  Foto:Polícia Militar de Tubarão/Notisul
A ação da Polícia Militar resultou na apreensão de crack, cocaína e maconha - Foto:Polícia Militar de Tubarão/Notisul

Tubarão

 

O corre-corre foi grande na quarta-feira à noite, em uma boate, no bairro Monte Castelo, em Tubarão. Uma denúncia sobre o tráfico de entorpecentes existente no lugar, levou os policiais militares até o estabelecimento, por volta das 21h30min.
 
A ação acabou na prisão de dois jovens, ambos com 18 anos, um homem e uma mulher. Eles foram conduzidos à Central de Plantão Policial (CPP) e, depois, encaminhados aos presídios. A apreensão resultou em quase 34 gramas de drogas, entre crack, cocaína e maconha. 
 
Quando a guarnição chegou aos fundos da boate, notou que o rapaz ficou assustado. Ele jogou um frasco amarelo para cima, que caiu no telhado, e tentou fugir, mas foi detido. Na embalagem havia cocaína. O jovem admitiu ser funcionário do estabelecimento e que residia em um dos quartos.
 
Buscas foram realizadas em outros cômodos, onde moram as garotas. A jovem estava em um deles, onde foram apreendidos o crack e a maconha, dentro de uma lata de achocolatado e em um frasco de filme fotográfico. 
 
Os policiais tiveram a informação de que os entorpecentes são da dona da boate, que distribui às mulheres e desconta de seus pagamentos. A proprietária não foi localizada.