Em menos de uma hora, a Polícia Militar foi acionada na noite deste domingo (5) para atender dois casos de violência doméstica na região. Entre 21h20 e 22h, guarnições se deslocaram aos municípios de São Ludgero e Rio Fortuna.

Nessa última cidade, os policiais foram chamados por uma solicitante (não envolvida na ocorrência). No local, ela contou que havia uma grande briga entre um casal e algumas crianças presenciavam as agressões.

O homem foi abordado em frente ao apartamento da família. Ele estava em visível estado de embriaguez, disse ter agredido sua esposa, mas que também teria apanhado.

A guarnição entrou no apartamento e constatou vários móveis quebrados, como cadeiras, mesas, balcão e alguns copos de vidro. A mulher relatou que seu marido teria dado dois tapas em seu rosto e depois tentado lhe enforcar, o que causou o seu desmaio.

Havia na casa os filhos do casal e dois sobrinhos, com idades entre 2 e 7 anos. A vítima manifestou o interesse em representar contra o esposo, pois as agressões ocorrem frequentemente.

As crianças foram deixadas com a avó e o Conselho Tutelar esteve no local. O homem foi preso e conduzido com a mulher para a delegacia de Braço do Norte.

Na segunda ocorrência, em São Ludgero, os policiais militares foram acionados por populares. A denúncia apontava uma briga entre várias pessoas.

O suposto autor contou que teve um desentendimento com sua esposa e entraram em vias de fato. Disse também que ela lhe bateu. O homem pegou uma faca e seu sobrinho interviu.

Com isso, ele acabou lesionando no braço direito e foi encaminhado para o Pronto Atendimento. A guarnição lavrou o Boletim de Ocorrência.
Foto: Lucas Colombo/Divulgação Notisul

Entre no nosso grupo do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/Notisul.