A PRF divulgou que no ano passado, em média, 45 pessoas perderam a vida nas rodovias federais conduzindo motocicletas   -  Foto:PRF-SC/Divulgação/Notisul
A PRF divulgou que no ano passado, em média, 45 pessoas perderam a vida nas rodovias federais conduzindo motocicletas - Foto:PRF-SC/Divulgação/Notisul

Tubarão

No Brasil são registrados 12 mil mortes por acidente de motocicletas a cada ano, conforme dados divulgados em maio pelo Ministério da Saúde. Em Santa Catarina, a Polícia Rodoviária Federal divulgou nesta semana que em 2014 ocorreram em média 45 mortes por mês nas estradas federais do estado.

Somente em setembro deste ano, a PRF divulgou a morte de dez motociclistas. Entre eles um ocorreu em Pescaria Brava, que ocasionou a morte de Aladir Vargas, 46 anos, policial militar que atuava em Capivari de Baixo e pilotava uma Yamaha Fazer YS 250, com placa de Laguna. 

As demais fatalidades ocorreram em São José do Cerrito, Palhoça, Agronômica, Santo Amaro da Imperatriz, Rio do Sul, Balneário Camboriú, Apiúna e Pinhalzinho.

O relatório revela ainda que 70% das motocicletas envolvidas nos acidentes com mortes, eram de 100 a 150 cilindradas, três motociclistas mortos tinham 17 anos e dois, 24 anos. A maioria dos acidentes ocorreu em locais de pista simples, em um total de 70%, dos quais 40% ocorreram na BR-470. As BRs 101 e 282 registraram três mortes cada e quatro foram em trechos da BR-470.