A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Tubarão, nesta terça-feira (11) à tarde, deu cumprimento a mandado de prisão preventiva deferido pelo juízo da 1º Criminal da Comarca de Tubarão em desfavor de FME, de 32 anos.

No dia 28 de março, por volta das 4h da manhã, dois indivíduos armados ingressaram em uma farmácia na Avenida Marcolino Martins Cabral, renderam os funcionários e subtraíram celulares e o dinheiro do caixa. Assim que tomou conhecimento do fato, a equipe da Divisão de Investigação Criminal realizou diligências no intuito de identificar os autores.

Os autores foram identificados como sendo FME e JVSM. Ocorre que, poucos dias depois do assalto, JVSM veio a falecer em um acidente de carro em Jaguaruna. Instaurado o  inquérito policial e colhido o conjunto probatório, o delegado de Polícia que preside as investigações representou pela prisão preventiva de FME, pleito que foi deferido pelo juízo da 1º Vara Criminal desta comarca.

É importante registrar que FME possui inúmeras passagens policiais e no dia do roubo encontrava-se de saída temporária. Nesta terça-feira, foi dado o cumprimento ao mandado de prisão preventiva deferido e o indiciado encontra-se recluso, à disposição do Poder Judiciário, no Presídio Regional de Tubarão.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul