Tubarão

Vanderlei Monteiro, 39 anos (foto), morreu supostamente por uma desavença com outro presidiário, dentro da cela do Presídio Regional de Tubarão, no bairro Bom Pastor, na madrugada de sexta-feira. O autor do crime não teve a identidade divulgada, mas se trata de um homem de 37 anos. A vítima foi enforcada com uma corda e posteriormente, asfixiada com uma sacola.

O detento morto era preso provisório por tentativa de homicídio, já o acusado do assassinato, por roubo e homicídio. Informações da polícia indicam que por volta das 7h10min os detentos da cela 10 da galeria B do presídio chamaram os agentes penitenciários. Informaram que havia um problema. Ao conferir a situação, os agentes verificaram que um dos internos estava morto. Em seguida, um dos integrantes da cela pediu a palavra e, segundo a polícia, confessou o crime. Ele alegou que foi ameaçado de morte por Vanderlei e na madrugada acabou cometendo o assassinato.

Com a morte de Vanderlei, sobe para 12 o número de homicídios na região da Amurel neste ano. Tubarão já teve quatro casos, Laguna teve três. Imbituba já registrou dois assassinatos. Braço do Norte, Garopaba e Capivari de Baixo tiveram um assassinato cada.