Mais de 20 veículos desmontados e outros oito inteiros foram encontrados nos fundos de uma casa.
Mais de 20 veículos desmontados e outros oito inteiros foram encontrados nos fundos de uma casa.

Tubarão

Quatro pessoas foram presas no fim de semana por envolvimento em um desmanche de veículos, no bairro Guaiúba, em Imbituba. Duas mulheres de 27 anos e dois homens, de 26 e 51, foram autuados em flagrante pelos crimes de receptação e formação de quadrilha.

Após denúncias da comunidade de que no local residiam pessoas suspeitas, a Polícia Civil iniciou o trabalho investigativo e verificou que se tratava de um desmanche, em função da grande quantidade de veículos e peças escondidas nos fundos da residência. Na sexta-feira à noite, foram encontrados mais de 20 veículos desmontados e oito inteiros. Os policiais flagraram o momento em que a quadrilha chegava na residência em posse de uma motocicleta furtada em Laguna e um carro roubado em Joinville. Também foram apreendidos diversos documentos e placas, um vasto material de ferramentas utilizadas para o desmanche, tubos de GNV, produtos químicos, compressores, rodas, pneus e televisores.

Todos os presos são da região norte do estado. Os dois homens possuem passagens criminais, ambos por furto, e o de 51 anos também por estelionato. Os acusados foram encaminhados à Unidade Prisional Avançada de Imbituba, onde ficarão à disposição da justiça. O próximo passos a partir de agora é concentrar as investigações nos furtos dos veículos, descobrir onde os carros eram roubados e outras pessoas envolvidas nos crimes.

Quadrilha também arrombava sítios
Na tarde de ontem, a Polícia Civil de Imbituba descobriu que a quadrilha não atuava apenas no desmanche de carros, como também foi responsável por vários furtos ocorridos em sítios de Imaruí, no fim do ano passado. Os proprietários não moram nestas localidades, são de outras cidades e costumam passar períodos curtos, por isto a facilidade dos bandidos em invadirem as residências vazias.

No local do desmanche, foram encontrados vários eletrodomésticos, como geladeiras e freezeres, aparelhos eletrônicos, roupas de cama, mesa e banho, entre outros produtos. Segundo a Polícia Civil do município, a quadrilha é maior do que se pensava e as investigações prosseguem, em busca de outros envolvidos. Muitas pessoas estão recuperando os seus pertences furtados.