Em Jaguaruna, a Polícia Militar prendeu um homem, natural de Criciúma, em um posto de combustíveis. A PM recebeu uma denúncia de que poderia acontecer uma transação de venda de armas no local, nesta quarta-feira, dia 20.

A guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), juntamente com a Agência de Inteligência de Tubarão e policiais militares de Jaguaruna passaram a monitorar o local. Segundo a PM, o suspeito estava com um veículo Renault/Clio, e teria parado para abastecer, só que o nervosismo do motorista chamou a atenção. Na abordagem, mesmo antes da busca veicular, o suspeito relatou que havia cocaína no carro.

Os policiais questionaram a existência de armas, e o mesmo negou. Depois da afirmação, a PM realizou a busca veicular e encontrou a quantia de 738 gramas de droga no assoalho traseiro do veículo e embaixo do banco do caroneiro, ambos dentro de uma sacola. Também foi encontrado no veículo um celular de marca Samsung, na cor preta e a carteira do abordado, que continha R$ 592 em dinheiro.

Ele foi conduzido até a delegacia de polícia de Jaguaruna, juntamente com os objetos e veículo apreendidos. Já na delegacia, disse que não sabia quem receberia o entorpecente e que ganharia o valor de R$ 200 para fazer a entrega. De acordo com a PM, o preço final da droga, se fosse vendida, seria de aproximadamente R$37 mil. O suspeito tem uma extensa ficha criminal, inclusive por tráfico de drogas.