Maycon Vianna
Tubarão

Um caso de estupro chocou os tubaronenses ontem pela manhã, em Tubarão. Uma mulher de 28 anos percebeu que a sua filha, de 5 anos, estava bastante suja de sangue e logo imaginou que ela poderia ter sido vítima de estupro.

Os policiais militares foram acionados pelo telefones de emergência do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), 190. Os soldados foram ao local indicado, a residência da vítima, e fizeram diversos questionamentos. A mulher e os vizinhos passaram informações sobre o principal suspeito e, logo em seguida, começou a ‘caça’ pelo estuprador. Os policiais realizaram diversas rondas e encontraram um jovem com as características passadas pela mãe da menina.

Um adolescente de 15 anos foi apreendido em flagrante e encaminhado à Delegacia da Criança, do Adolescente e de Proteção à Mulher e ao Idoso de Tubarão. Suspeita-se que o estuprador seja parente da criança, porém, os investigadores não confirmam a informação.
Na tarde de ontem, o rapaz foi ouvido pelo delegado de plantão, foi liberado e agora fica à disposição da justiça. Os familiares pedem justiça. “Isso não pode ficar impune. Se não houver denúncia, muitos casos continuarão a ocorrer”, lamenta a mãe.