#Pracegover Na foto, uma montagem de Ademir Bento e um carro da Polícia Civil

Foi encontrado na tarde desta sexta-feira o corpo do morador de Imbituba Ademir Bento de Matos, ele estava em uma vala nas proximidades da Estrada Geral da Praia do Gi, já em estado avançado de decomposição.

Ademir foi visto pela última vez em um luau na praia do Gi em Laguna, em 1º de janeiro. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Bruno Fernandes, Ademir foi enforcado com uma corda e depois deixado no local. Conforme Bruno, 5 suspeitos estavam sendo investigados e 3 deles assumiram a autoria do crime.

Ademir foi de carro para Laguna na companhia de vários homens, lá ingeriram drogas e bebidas alcoólicas, depois saíram do local no mesmo veículo e um dos ocupantes pegou uma corda e enforcou Ademir.

Em seguida arremessaram o corpo em um pequeno valo com água, nas proximidades do Sítio Paraíso, na Estrada Geral da Praia do Gi. “A conclusão do Inquérito Policial encaminha-se para, em tese, configurar os crimes de Latrocínio consumado e Ocultação de Cadáver, já que, ao que se apurou, o dinheiro que estaria no bolso das vestes da vítima, bem como um aparelho de telefone celular haviam sido subtraídos”.

As investigações prosseguem e serão encerradas no prazo legal de 30 dias.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul