Florianópolis

Com o rompimento da barragem em Brumadinho, Minas Gerais, nesta sexta-feira, (25) nove bombeiros militares do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina deslocam para apoiar a operação local, de resposta ao evento. Além dos bombeiros militares, ainda prestarão apoio três viaturas 4×4, três binômios (dupla entre cão de busca e tutor bombeiro militar), também dois drones, com pilotos, estão a caminho de Porto União – SC, onde irão se encontrar para seguir viagem ao local do desastre natural.

Além destes recursos, mais oito bombeiros militares, duas viaturas tracionadas e dois binômios estão de prontidão em seus quartéis para caso os gestores da crise julguem necessário, serem empregados na operação, se deslocando quando acionados.

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina possui 14 Forças Tarefas espalhadas pelo Estado, com homens e mulheres treinados para emprego em diversas situações de eventos críticos, desastres naturais e tecnológicos e outros. Com treinamentos específicos e larga experiência, poderão ajudar – e muito – nas operações de Minas Gerais em: intervenções em áreas deslizadas, busca terrestre, comando e gerenciamento de crise, ajuda humanitária, resgates, salvamentos, busca e resgate em estruturas colapsadas, atendimentos pré-hospitalares e outras – cujos treinamentos estão compreendidos pelos integrantes das Forças-Tarefas. O emprego destas equipes não prejudica o atendimento em Santa Catarina, que segue normalizado.