O Corpo de Bombeiros de Tubarão foi chamado para conter o incêndio em um terreno baldio, nesta quinta-feira (21), na rua Simeão Esmeraldino de Menezes, no bairro Humaitá, na Cidade Azul. De acordo com moradores, o fogo foi colocado no início da tarde desta quinta-feira e rapidamente se alastrou. Porém, a corporação agiu de forma célere no combate às chamas. O fogo não atingiu nenhuma residência próxima.

De acordo com a moradora Daiane de Souza Nunes, na semana passada algumas pessoas colocaram veneno no terreno e nesta quinta alguém colocou fogo, no entanto, o fogo se alastrou muito rápido. “Ligamos para o Corpo de Bombeiros para solucionar essa situação. Próximo a este terreno há um condomínio de madeira. As paredes dessas residências começaram a esquentar e os moradores saíram para fora. Foi muito assustador”, lamenta.

Daiane conta que próximo a sua casa há outro terreno baldio, que está com muito mato. A altura do mato é considerável. Fomos conversar com o proprietário que afirmou que não iria limpar. Se quiséssemos tínhamos que dar um jeito. Ele quer a transferência da obrigação. Entramos em contato com setores da prefeitura, mas não há solução. Como as casas são de madeira, o risco de incêndio é alto”, afirma.

Sobre a limpeza das propriedades, o secretário de Urbanismo, Mobilidade e Planejamento, da prefeitura de Tubarão, Marconi Joaquim de Oliveira, destaca que há fiscalização dos terrenos em diversos bairros. “Quando há denúncia fiscalizamos o terreno, notificamos o proprietário e solicitamos o procedimento cabível. Caso não ocorra, haverá multa. No município, a limpeza de terrenos baldios deve ser realizada pelos seus referidos proprietários”, pontua.

O incêndio e queimada podem dar prisão e multa. Na lei dos crimes ambientais (lei nº 9.605/1998), também há previsão específica de penalidade, no artigo 41, para quem provocar incêndio, a pena é de detenção de seis meses a um ano, e multa. O Corpo de Bombeiros alerta para o perigo de queimar a vegetação. Além de colocar em risco a vida das pessoas e o patrimônio, o ato ajuda a provocar e piorar problemas de saúde como asma e bronquite.