Rafael Andrade
Tubarão

O camelódromo de Tubarão, anexo à antiga Estação Rodoviária Intermunicipal, no centro, foi alvo de uma operação organizada pela Central de Polícia da cidade contra a pirataria nesta terça-feira. Mais de dez mil CDs e DVDs contrabandeados do Paraguai foram apreendidos.

Três mulheres foram detidas, de 16, 19 e 52 anos. A menor foi encaminhada à Delegacia da Criança, do Adolescente, de Proteção à Mulher e ao Idoso. Mais cinco pessoas já foram intimadas a comparecerem à Central de Polícia, nesta quarta-feira. O grupo é acusado de ser proprietário do material recolhido.

Eles responderão por contrabando. “Como é um crime de menor potencial ofensivo, a pena é alternativa e pode ser paga através de multa ou de trabalhos voluntários à sociedade”, explica Carlos Diego Araújo, delegado que coordenou as investigações.

Trinta barracas foram inspecionadas por quatro agentes da Polícia Civil. O Pelotão de Policiamento Tático (PPT) auxiliou na operação. O material foi encontrado em oito barracas. “Desta vez, o foco era CDs e DVDs. Da próxima, serão aparelhos eletroeletrônicos e outros produtos que não têm nota fiscal”, avisa Carlos Diego.