Alternativas para evitar os congestionamentos - como os ocorridos no último feriado (em detalhe) -  são discutidas pelos empresários da região  -  Fotos:Divulgação/Notisul
Alternativas para evitar os congestionamentos - como os ocorridos no último feriado (em detalhe) - são discutidas pelos empresários da região - Fotos:Divulgação/Notisul

Tubarão

Uma das pautas amplamente discutida entre as lideranças empresariais da região, a infraestrutura logística, foi o assunto que abriu mais uma edição da reunião plenária regional sul da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc). O encontro ocorreu ontem à noite na Associação Empresarial de Tubarão (Acit).

Com a participação das associações de Braço do Norte, Garopaba, Imbituba, Jaguaruna, Laguna e Tubarão, o presidente da Acit, Murilo Bortoluzzi, falou da necessidade urgente de alternativas para resolver os problemas decorrentes do aumento do fluxo de veículos que ocorrerá no verão, especialmente pela mudança da data da conclusão das obras no Túnel do Morro do Formigão. 

A duplicação da BR-101 voltou à pauta devido às extensas filas formadas nos últimos feriados, quando causaram muitos transtornos aos motoristas. No último, o do Dia de Finados, os congestionamentos chegaram a cerca de 16 quilômetros no sentido sul, na Cidade Azul, na volta para a casa. 

A pedido do deputado federal Edson Bez de Oliveira, a Acit receberá o parlamentar, representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na próxima quinta-feira, às 19h30min, em encontro com os empresários para tratar do assunto. Ficou definida a participação do maior número de lideranças empresariais representados pela Facisc para levantar as sugestões viáveis.