#ParaTodosVerem Na foto, no centro, de vermelho, a desembargadora Cinthia Schaeffer. O grupo é complementado pro representantes do Estado, policiais penais, agentes de segurança e de áreas técnicas. Eles estão em frente ao prédio da Penitenciária de Tubarão, cuja estrutura passou por uma vistoria nesta quinta-feira (2)
Na inspeção ao Complexo Prisional de Tubarão, a desembargadora Cinthia Schaeffer elogiou  o trabalho dos policiais penais, agentes de segurança e de áreas técnicas frente ao cenário adverso imposto pela inundação das unidades, em maio - Foto: SAP | Divulgação

Fortemente impactados pela enchente ocorrido no começo de maio, o Presídio Regional e a Penitenciária de Tubarão, ambas unidades masculinas, no bairro Bom Pastor, foram inspecionadas pela desembargadora Cinthia Schaeffer, coordenadora do Grupo de Monitoramento e Fiscalização (GMF) do Sistema Prisional do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). Os dois prédios foram inundados durante a madrugada do dia 4 de maio. Com água já no peito, os agentes precisaram remover os 759 detentos as pressas.

Ao todo, 12 internos se aproveitaram da situação e fugiram – oito do Presídio e quatro da Penitenciária. Nesta quinta-feira (2), quando a inspeção ocorreu, a ação dos policiais penais, agentes de segurança socioeducativos e de áreas técnicas frente à situação adversa foi elogiada pela desembargadora. “Cobramos muito, exigimos muito, e hoje reconheço que o objetivo foi atingido. Fiquei supresa com a inspeção, pois as unidades estão recuperadas e em funcionamento pleno”, observou a desembargadora.

Fonte: Secretaria de Administração Prisional
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul