A força-tarefa formada pela Prefeitura de Tubarão, Defesa Civil e demais instituições estaduais e municipais decidiram determinar o fechamento de todo o comércio e outras atividades não essenciais após o meio-dia desta quarta-feira (4). A decisão tem por objetivo preservar a segurança da população pelo risco de transbordamento do Rio Tubarão.

A medida teve como base as previsões meteorológicas, que indicam chuvas intensas ao longo do dia. Com o nível do rio 6m34cm acima do normal na régua localizada em frente ao batalhão do Exército às 9 horas, as chances de transbordamento aumentaram durante a manhã.

O volume de água tem subido por conta das fortes chuvas nas cabeceiras do rio. Dessa maneira, o prefeito Joares Ponticelli considerou prudente ter o maior número de pessoas possível fora de circulação na cidade.

Além disso, também como medida de segurança, as autoridades pedem que a população evite permanecer nas pontes e passarelas para observar o comportamento do Rio Tubarão.

Para o prefeito Joares Ponticelli, é um momento que exige cuidado e por isso é determinado o fechamento do comércio e outras atividades não essenciais. A intenção é e que a população fique em segurança.

“Pedimos a todos que evitem permanecer nas pontes para observar ou fotografar o rio, estaremos divulgando todas as informações necessárias pelos canais oficiais do município e imprensa, para informar e tranquilizar a população. Neste momento de chuvas fortes e risco de transbordamento do Rio Tubarão, fique em casa”, destacou Ponticelli.

O Grupo de Ações Coordenadas (GRAC) foi montada ainda na terça-feira e conta com representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Celesc, Polícia Penal, Guarda Municipal, Exército, Defesa Civil Estadual, Defesa Civil Municipal e Epagri.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Pref. Tubarão