São Ludgero

Israel Batista, comerciante de São Ludgero, solicitou espaço e utilizou a tribuna da Câmara de Vereadores para relatar uma tentativa de roubo que sofreu em seu estabelecimento. Na oportunidade, pediu a parceria dos parlamentares para solicitar mais segurança pública junto ao governo do Estado.

Após os fortes ventos que atingiram a região no último dia 16, várias cidades ficaram devastadas e sem energia elétrica, com São Ludgero não foi diferente. Para o comerciante, o fato de ficar sem energia desde a tarde de domingo até a manhã do dia seguinte, o município virou alvo fácil para os bandidos. A população, além do medo da tempestade, teve que conviver com o receio de ser alvo fácil dos assaltantes.

Ele relatou que por precaução decidiu dormir no seu estabelecimento na noite de domingo, já temendo a ação dos bandidos. “Por volta da 1h30min da manhã avistei três indivíduos encapuzados andando atrás do meu comércio, fui até a Polícia Militar, buzinei, bati na porta, mas não fui atendido. Quando voltei, vi que os bandidos estavam tentando invadir pela porta dos fundos. Assustei-os fazendo barulho com meu veículo. Fui várias vezes até o destacamento de polícia e as portas estavam fechadas, com a viatura na garagem” relata.

Ainda em seu depoimento na Casa, disse que tentou entrar em contato com todos os órgãos de segurança da cidade e que na noite da ação criminosa não houve nenhuma ronda policial, e isso preocupa, pois estão ocorrendo furtos e assaltos à mão armada frequentemente.

“Falei com o sargento responsável pela polícia militar de São Ludgero e ele me relatou que havia somente um policial, e a ordem do comando era de que não houvesse rondas no caso de ter apenas um policial em serviço.”

Acrescentou. Israel falou que vai elaborar um abaixo-assinado e pediu ajuda dos vereadores.