Mirna Graciela
Tubarão

A tentativa de desvio de R$ 57 milhões no Banco do Brasil (ex-Besc) de Tubarão, segundo divulgou com exclusividade o Notisul na edição de fim de semana, deixou muitos clientes preocupados. Muitos deles contataram o jornal para pedir mais informações.

A redação entrou em contato com a assessoria de imprensa da superintendência do banco, em Florianópolis. Segundo o órgão, os correntistas podem ficar tranquilos porque nenhuma conta será afetada. E deixou bem claro que a área de segurança do banco detectou a tentativa de fraude, foi registrado o boletim de ocorrência e as providências foram tomadas para reverter a situação.

Um dos assessores ainda afirmou que nada mais poderia ser dito, pois o banco respeita o sigilo de informação, motivo pelo qual não se manifestará por enquanto sobre o assunto até que a Polícia Civil de Tubarão conclua as investigações. O caso é investigado pela Divisão de Investigação Criminal (DIC).

Na última sexta-feira, veio à tona a notícia do desvio do dinheiro, feito por um dos funcionários da agência, que recebia ameaças para fazer isso. Alguns servidores prestaram depoimento na Central de Polícia e foi constatado que o golpe não chegou a ser consumado ou, já que foi descoberto a tempo.