A Polícia Rodoviária Federal prendeu no fim da tarde desta quarta-feira 5 suspeitos de participarem do assalto a agência do Banco do Brasil, em Criciúma, e sitiar a cidade.

Os homens foram presos no Rio Grande do Sul. Três estavam em Torres e dois em Porto Alegre. As primeiras informações são de que três são de Içara, um de São Caetano (SP) e outro da cidade de São Paulo.

Em um dos veículos os policiais encontrou uma mala com uma grande quantia em dinheiro. Existe a a possiblidade de os suspeitos serem levados para o presídio de Araranguá.

Mais cedo uma mulher suspeita de participar do crime foi presa pela Polícia Civil em Parelheiros, Zona Zul da cidade de São Paulo. Os agentes de polícia foram informados de que uma pessoa envolvida no crime em Criciúma estaria no Jardim Reimberg. Ela foi presa em flagrante.

A mulher foi detida por cauda de crimes de posse ilegal de armas de fogo e tráfico de drogas.

Na segunda-feira (30), um grupo de criminosos com armamento militar como explosivos, fuzis e coletes balísticos efetuaram um assalto em uma agência bancária de Criciúma.

Vários disparos foram efetuados na área central e no 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM). A ação criminosa, resultou em 2 pessoas alvejadas, sendo um policial militar e um vigilante. O policial passou por uma cirurgia e apresenta um quadro de saúde que ainda inspira cuidados.

Uma força-tarefa com as autoridades de segurança de Santa Catarina e Rio Grande do sul está empenhada em uma grande operação organizada, para uma pronta resposta nas buscas desses criminosos.